segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Povo de Terreiro também tem que ser politizado

Uma Casa de Santo não é isenta da política. De fato é o apedeutismo político de nosso povo que faz com que não busquemos fortalecer as políticas que nos favorecem.

O discurso do batuqueiro é o de rechaço às questões políticas, talvez por medo de perder filhos de santo ou sei lá. O fato é que isso apenas garante espaço para que outros segmentos da população tomem as decisões. Os batuqueiros são um segmento da sociedade e têm o dever cidadão de acompanhar os processos políticos e verificar quais são os projetos que lhe beneficiam como coletivo, pois nossa visão de mundo é comunitária. Não podemos ficar alheios aos acontecimentos políticos que visam nos subalternizar, desmontar direitos adquiridos e até nos calar.

O golpe político que retirou Dilma do poder e que tenta impedir Lula de ser candidato nas próximas eleições não é um ataque às pessoas de Dilma e Lula ou ao PT, mas sim um ataque aos projetos políticos implementados por eles. Projetos esses que deram poder ao povo empobrecido.

Também é um atentado à democracia, pois tenta impedir que uma pessoa se candidate por meio da politização da justiça.

Lula foi condenado sem provas contundentes. Foi condenado apenas por indícios e convicções. Se um ex-presidente aclamado pelo povo e por lideranças internacionais sofre isso, o que pode acontecer conosco, reles mortais na fila do pão?





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...